2016-06-30

Tu também és os teus títulos

Começo por agradecer ao Sporting o convite para escrever um texto para o Jornal que, obviamente, aceitei. Agora façam a vossa parte e vão ao quiosque mais perto e comprem uma edição ou, simplesmente, subscrevam online :)



style="display:inline-block;width:320px;height:100px"
data-ad-client="ca-pub-3619877322785399"
data-ad-slot="9248527931">



Tu também és os teus títulos


artigoJornalSporting

 

Todos nascemos iguais: nus e a chorar. Todos nascemos com as oportunidades que o contexto permitir na altura e angariamos todas as que formos com a competência e a sorte de o conseguir.


O Sporting nasceu um dia (como diz a bela Marcha) e, nesse dia, nasceu despido de títulos. Mas, em vez de chorar, soltou um enorme rugido que, mesmo depois de mais de um século, ainda ecoa nos nossos corações!


Ao longo da sua História, o Sporting entrou em campo sempre com vontade de triunfar e, em 1923, conseguiu o seu primeiro título no "Campeonato de Portugal". Esse primeiro título de Campeão marcou uma série de 22 conquistas até aos dias de hoje.

Nas conversas que vou tendo com outros Sportinguistas todos me dizem que esta diferença de quatro títulos não faz deles mais Sportinguistas. Que continuariam a ser mesmo se o Sporting nunca tivesse sido Campeão.





style="display:inline-block;width:320px;height:100px"
data-ad-client="ca-pub-3619877322785399"
data-ad-slot="9248527931">



Tornam estes quatro títulos alguém mais ou menos Sportinguista? Não! Quem é do Sporting sabe que o é pelos seus valores, pelo seu ecletismo! Mas a História que deixamos escrita não deve ser apagada. É o legado que, enquanto Sportinguistas, deixamos às gerações futuras. E é nossa a obrigação de fazer com que a História do Sporting Clube de Portugal não seja esquecida!

É nossa a obrigação de diariamente entregar Esforço, Dedicação e Devoção ao nosso clube mas não nos podemos esquecer que a Glória, por mais efémera que seja, é parte integrante do nosso lema e o Sporting nasceu para Vencer!

 

Partilha no Facebook



Sem comentários :

Enviar um comentário