2016-08-04



Psicose de Verão

Começo por agradecer ao Jornal Sporting pelo novo convite para escrever um artigo. É sempre gratificante ver um artigo meu num jornal de enorme prestigio como o Jornal Sporting.



style="display:inline-block;width:728px;height:90px"
data-ad-client="ca-pub-3619877322785399"
data-ad-slot="6484403536">




O texto chama-se "Psicose de Verão".

20160804

"O Mercado de Verão é manifestamente complexo para a nossa capacidade de entender o planeamento de uma época de futebol. Vamos intercalando jogos de pré-época com notícias de todo o tipo de jogadores a interessarem a todo o tipo de clubes. É normal ganhar e perder jogos na pré-época, haver negociações de jogadores, haver contratações que falham e outras que se concretizam mesmo debaixo do nariz da imprensa sem que ela se aperceba. Mas, este ano, há uma psicosezinha no ar… Uma psicose fruto das pequenas manipulaçõezinhas que se vêem na imprensa diária.


 

A psicose leva Sportinguistas a perguntar quem é que vamos contratar para o lugar do Slimani (ou outro qualquer). Mas ele saíu, foi? É que ainda no último Sábado o vi a marcar um golo (e que golo!) contra o Wolfsburgo! Mas, sim, eu também reparei: Ele tinha os atacadores apertados duma maneira esquisita e aquilo só podia ser em protesto contra o Presidente! A propósito: viram a exibição de Coates e Semedo? Imperiais contra Bas Dost e companhia. A pré-época é mesmo isto: experimentar, cometer erros e melhorar. Garantir que há maneira de tirar partido do melhor de cada jogador!


 

Esta psicose também leva à caça ao patinho feio. Há sempre o reforço que não convence, o jogador da formação a quem a camisola pesa muito, o que está com a cabeça noutro lado e até preferimos que vá para não andar cá a fazer fretes. Nesta altura somos incapazes de perdoar e dar tempo. Queremos sempre o Slimani de hoje e esquecemos as críticas que fizemos ao Slimani em 2013. Queremos sempre o Adrien de hoje e esquecemos a falta de paciência que tivemos para com ele em 2007. Queremos sempre arranjar um problema onde ele não existe e esquecemos da magia que sentimos ao ver o William Carvalho a encher o campo.


 

Vá lá Sportinguistas: Libertem-se da psicose, peguem numa geladinha,  desfrutem a época que está prestes a começar e repitam comigo:


Sporting, não vim cá só para te ver! VIM PARA TE APOIAR!"






style="display:inline-block;width:320px;height:100px"
data-ad-client="ca-pub-3619877322785399"
data-ad-slot="9248527931">



Aproveito também para deixar aqui a capa do Jornal que faz uma sentida e, mais que justa, homenagem ao Senhor Atletismo! O único e inigualável Mário Moniz Pereira!


Capa20160804

Compra o jornal do Sporting ou, pelo menos, partilha este post no Facebook :)

4 comentários :

  1. Boas Carissimo,

    Queria apenas dar-te os Parabéns pelo texto e pelo destaque, mais que merecido, no nosso Jornal Sporting.

    Queria agradecer-te o trabalho que desenvolves em prol do clube, não só nestes textos que escreves, mas também a desmascarar os esquemas e lampionices que vemos diariamente nos pasquins.

    Não é fácil ser blogger, mas o que tu e tantos outros fazem em prol do nosso clube merece todo o apoio e reconhecimento de qualquer Sportinguista.

    Por tudo isto, o meu obrigado por continuares na luta.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pelas palavras :) é sempre bom ver o nosso trabalho (tenho medo desta palavra porque ainda dizem que sou avençado) reconhecido. Um grande abraço e espero que nos continues a ler!

    ResponderEliminar
  3. Isso dos avençados é mais uma "brincadeira" triste que os sportinguenses inventaram para categorizar aqueles que apoiam o Sporting e a sua Direcção, nem vale a pena dialogar com este tipo de gente...és um Sportinguista ponderado e atento que escreve textos com os quais me identifico bastante e dos quais, na minha modesta opinião, reflectem a realidade do nosso Clube.

    E se calhar, por estas razões, o Jornal Sporting convidou-te para escreveres um artigo.

    Estás de Parabéns e como é óbvio terás aqui um fiel seguidor.

    Um abraço e continuação de um belíssimo trabalho

    ResponderEliminar