2016-08-24



Rui Gomes da Silva


Sócio do Braga, Maçon, Transportador de Marfim e Financiador das Guerrilhas da Unita? Pelo menos os arquivos de alguns jornais assim o fazem parecer!
Tudo na vida de Rui Gomes da Silva parece um grande padrão. Podem vir-me dizer que é a reencarnação da Madre Teresa que eu vou vê-lo sempre como um imperador do mal.
Este post não é mais do que a recolha de um conjunto de factos. A interpretação é responsabilidade do leitor.

Sócio do braga e benfiquista que condecora portistas


Isto é praticamente irrelevante mas não deixa de ter graça ver (mais um) benfiquista a ser sócio dos dois clubes. Adicionalmente é vice-presidente do benfica e continua a poder fazer as suas participações no programa de televisão "Dia Seguinte" sem qualquer penalização.

Mais engraçado que ser sócio do braga e inimputável é ter sido ele uma das pessoas que condecorou o porto em Dezembro de 2004 revelando toda a sua falta de espinha. Faz o que tem que fazer para se manter onde mais jeito der.




Maçon

http://expresso.sapo.pt/cultura/como-a-maconaria-tomou-conta-do-poder=f780225

"Em plena investigação do processo Portucale (um caso de alegado tráfico de influências para a aprovação de um projecto imobiliário do grupo Espírito Santo), a conversa passou pela maçonaria e pelo seu poder. Abel Pinheiro e Gomes da Silva concordavam que os maçons estavam sob fogo cerrado de José Sócrates. O futuro primeiro ministro era acusado de afrontar a irmandade do Grande Oriente Lusitano (GOL) ao não acolher nenhum maçon para o Governo.
Abel Pinheiro e Rui Gomes da Silva defendiam que as nomeações para ministro teriam de respeitar uma espécie de quota maçónica. E estavam indignados por Sócrates não seguir o jogo de bastidores, afastando a maçonaria (e também o Opus Dei) dos lugares de decisão politica. Também diziam que a ausência de apoio maçónico iria deixar vulnerável o futuro Governo. Os dois homens falavam dos nomes de muitos socialistas preteridos, como José Lello ou Vitalino Canas, e comentaram os futuros ministros de Sócrates – a maior parte de forma pouco abonatória, segundo Abel Pinheiro, o irmão Jorge Coelho, com quem disse ter falado por causa de vários assuntos pendentes do Governo PSD/CDS (que não especifica), andaria de cabeça perdida com as escolhas. Mas já teria garantido que iria impedir que António José Seguro chegasse a líder parlamentar do PS."
fonte: http://www.maconariaportugal.com/ultimas-noticias/52-como-eles-falavam-de-maconaria-escutas-do-processo-portucale




Mais uma vez: o que importa é não perder a presença na esfera de influência. Ter, em lugares de decisão, amigos que ajudem a desbloquear certas situações. Isto não vos faz lembrar a tal conversa dos lugares na liga serem mais importantes do que bons jogadores? Se exige  uma "quota maçónica" ao governo o que não exigirá a uma federação de futebol? Agora faz mais sentido que Humberto Coelho, vice-presidente da Federação, esteja tantas vezes presente na tribuna do estádio da luz: talvez seja a tal "quota".

O Marfim

A 23 de Setembro de 1989 caiu, na Jamba, um Cessna. Um dos ocupantes era Rui Gomes da Silva.
http://angolaterranossa.blogspot.pt/2013/07/mario-soares-amalgama-de-um-bastardo.html

http://m.ja.sapo.ao/reportagem/unita_pagou_abastecimentos_com_tres_mil_toneladas_de_marfim

"Excesso de Marfim". Será que iam demasiado carregados?







3 comentários :

  1. Portugal, um país tão lindo! uma costa marítima fabulosa! um sol que é único no mundo! um paraíso neste decadente planeta!e não há neste mundo alguém com tomates, que nos livre desta máfia porca e desenvergonhada que nos corrói por dentro tipo «cancer».Apelo à comunidade internacional que acabe com isto tudo duma vez por todas. -(desporto,política,justiça e situação social)áreas fundamentais para o equilíbrio dum país,que estão contaminadas por estes bandalhos! POR FAVOR SALVEM-NOS!!!


    ResponderEliminar