2017-01-13



Assim é impossível pacificar o futebol

Não sou eu que o digo. Nem o Sporting! É Bernardo Ribeiro, Director Adjunto do Record, no seu artigo de opinião.



"A reunião do Conselho de Arbitragem com os clubes não trouxe muito de novo. As palavras de circunstância do costume, até ao próximo erro, que será castigado com a ira de dirigentes, adeptos e quem mais andar por ali. Não sei qual a receita para que as coisas mudem no futebol português. Sei apenas que não é esta. Principalmente com as atitudes entretanto tomadas.
O Conselho de Arbitragem decidiu gozar com os sportinguistas. É um direito que lhe assiste. Não é, tenho a certeza, a melhor forma de credibilizar o que tem sido feito pelos árbitros e de devolver a crença a uma Liga em que leões e dragões deixaram de acreditar. Tratar como estúpidos todos os que viram dois penáltis na Luz
não me parece inteligente. Pior, assumir que Jorge Sousa fez uma grande arbitragem e que não teve nenhum erro. Sportinguistas e portistas já assumem que os juízes são controlados pelo Benfica. Ouvir isto sem que se diga que são lances difíceis, discutíveis e que Jorge Sousa não teve direito às repetições que nós vimos pela televisão, não só descredibiliza o discurso, como leva à legítima indignação em Alvalade e no Dragão. No fundo, dá vida a muito do que tem sido dito. Infelizmente, é até injusto para o fantástico percurso que o clube da Luz tem feito esta época.


O CA assume como excelente uma arbitragem em que antigos juízes como Duarte Gomes e Pedro Henriques viram dois penáltis. Ou em que Marco Ferreira, no Record, viu uma. Não terá faltado um pouco de bom senso? Achincalhar quem está em baixo, revoltado, raramente é boa ideia.
Se não antes, na nomeação de Nuno Almeida para Chaves o tal bom senso não existiu. Porquê colocar num jogo já tão quente um árbitro a semana passada apelidado de ‘Ferrari Vermelho’? Opções de risco."
É óbvio, não é? Como podem os tipos que pedem paz andar a promover "Opções de Risco"? A resposta é simples: Porque não lhes interessa o que acontece em campo! Eles sabem o que têm que fazer para levar o benfica até ao título e não importa quem se indigna (ou se magoa) pelo caminho!


Sem comentários :

Enviar um comentário