João Top, Renato Flop




João Mário voltou a marcar este fim-de-semana pelo Inter de Milão. Neste momento, João Mário tem 1335 minutos jogados na liga italiana e já contabiliza 4 assistências e 3 golos tendo visto também já 5 cartões amarelos - sinónimo do seu alargado raio de acção no Inter (destrói, constrói e marca). Tem estado num crescendo de forma e a sua influência na equipa tem sido registada pela imprensa italiana.

Mas não vemos João Mário a ter o destaque que outros jogadores em Portugal têm. Isto não é novidade nenhuma pois se Cristiano Ronaldo tivesse sido formado no benfica em vez de o ter sido no Sporting haveria uma estátua sua em cada rotunda de Portugal e os crucifixos nas igrejas seriam substituídos por um CR7. Mas não deixa de ser uma injustiça enorme para um dos maiores talentos portugueses o que se está a passar.

O Record e o Mais Futebol vão tendo o seu "Especial Renato" quase diariamente onde conseguem transformar a mais baldada acção num acto de publicidade.






A maneira como o Mais Futebol noticiou a vitória do Bayern de Munique foi a seguinte:


Ao vermos ficamos com a sensação que Renato Sanches fez uma exibição positiva o que não é verdade. Renato Sanches entrou aos 62 minutos e os destaques no livescore para a sua exibição são:


E a própria época de Renato Sanches no Bayern tem sido lamentável: jogou 366 minutos sem que tenha feito qualquer assistência ou marcado um golo que fosse, tem sido constantemente considerado um dos piores em campo e ainda conseguiu ver 3 cartões amarelos.





Enquanto João Mário vai sendo nomeado para os onzes da jornada.

O próprio portal Goal colocou Renato Sanches no 11 desilusão da época.




Já o Inter bateu o Pescara por 3-0 e subiu ao quarto lugar em Itália, o Record entendeu que a melhor maneira de o noticiar foi com um "João Mário volta a fazer das suas" como se de uma qualquuer traquinice se tratasse, como uma minudência e não como a influência directa no bom momento da equipa.




Alguns dirão que a posição de João Mário em campo é diferente da de Renato e que talvez seja por isso mais fácil ao ex-jogador do Sporting impôr-se mas veja-se, por exemplo, Bernardo Silva. Desde que saiu do benfica tem sido tratado pela imprensa como "menino de ouro" e o segundo melhor jogador português da actualidade. Desengane-se quem pensa que o primeiro é Cristiano Ronaldo - o primeiro, para a imprensa, é Renato Sanches. Bernardo Silva tem 1601 minutos na liga francesa pelo Mónaco, marcou 5 golos, fez 5 assistências e viu 2 amarelos. Números semelhantes ao de João Mário mas com muito maior destaque na imprensa portuguesa.


Ontem o Mónaco empatou contra o PSG aos 92 minutos e as redações de Mais Futebol e Record usaram termos como "salva" e "silenciou". Não foi uma "das suas" foi uma "salvação".



Felizmente vamos conseguindo ver em jornais interancionais o verdadeiro valor dos atletas portugueses e João Mário não engana: É craque!











Comentários