Vamos continuar a cantar?




"O campeonato da mentira. O campeonato Português" - Foi o cântico com que nos despedimos do campeonato anterior. Cansados de uma época a todos os níveis brilhante menos nos troféus conquistados.

Eliminados da Taça pelo braga num jogo em que vimos dois golos nossos serem anulados. Aceitámos porque estávamos focados no campeonato. O campeonato onde o benfica passava um ano sem ter um jogador expulso ou um penalty contra. Aceitámos a expulsão do Rui Patricio contra o Tondela. Aceitámos a agressão do renato sanches ao Bryan Ruiz. Aceitámos, aceitámos e pelo meio sempre cantámos. Nós vamos cantando, eles vão rindo.

Ontem mais um episódio que vamos acabar por aceitar, afinal de contas é só a Taça Lucilio da Liga. Um golo mal anulado e um penalty inventado. É só mais uma oportunidade que o Sporting tinha de vencer um troféu esta época.
A arbitragem de ontem foi tão escandalosa que até o o vice-director do Record, Bernardo Ribeiro, escreveu "É mau demais.".


Mas, rapidamente, veio um minion lampião dizer que quando se defende o Sporting se está a alimentar o "clima de guerrilha". O efeito é sempre este: Acontece algo chocante, eles aparecem de trás das árvores a tocar uma flauta de pan e a tentar provar que isto é tudo uma enorme coincidência.


O toque da flauta funciona e os jornais de hoje transformaram um penalty "inexistente" num penalty "polémico". Fazendo de conta que aquilo pode ser alvo de interpretação e não apenas um descarado roubo.

Nós vamos cantando, eles vão rindo.
Nós escrevemos posts e artigos onde pomos a nu toda verdade sobre o futebol português, eles metem um gordo na televisão a usar a sua gravidade própria para atrair as atenções.
Nós pedimos video-árbitro, eles oferecem vouchers a árbitros.
Nós vamos cantando, eles vão rindo.

Somos idiotas sem critério a viver o eterno dia da marmota (citando o captomente). Roubados ao Domingo, imagem da arbitragem lavada à Segunda nas televisões. Os otários são sempre os mesmos. Os beneficiados são sempre os mesmos. Chegámos a um nível de descaramento tal que o árbitro de ontem (Rui Oliveira) até se dá ao luxo de ter um like na página do Hugo Gil.





Isto não são só os vouchers. É um polvo inteiro que controla os meandros do futebol português e nós, Sportinguistas e Sporting, estamos claramente a mais no meio deste polvo. Semana após semana fazem um esforço épico para nos afastar, para nos vergar, para nos calar!




Nós entraremos em mais um jogo a cantar, em mais uma competição a cantar e eles estão sempre a rir. Porque sabem qual é o desfecho. Tudo isto já está escrito há muito tempo.
Domingo vamos jogar novamente para o campeonato, vamos estar novamente a cantar e eles vão estar novamente a rir.

Se não fossemos uns conas hoje o Rui Oliveira não podia sair de casa. Vamos também escrever uma canção sobre isto?












Comentários

Enviar um comentário