Director Adjunto do Record goza com Alan Ruiz



O director adjunto do Record, Nuno Farinha, voltou a mostrar toda a sua azia anti-Sporting em mais um tweet onde tenta gozar com Alan Ruiz. Têm sido ataques constantes ao Sporting, a Jorge Jesus e, mais recentemente, a jogadores do Sporting. Este tipo de atitude não pode passar em claro e deve ter alguma retaliação. O Sporting e os Sportinguistas não precisam do Record para nada. Eles é que precisam de nós para as vendas e os clicks. Como tal sugiro que o número de Sportinguistas que compra o Record comece a diminuir drasticamente. Brincar com o Sporting é uma coisa, gozar é outra completamente diferente e tem que ter consequências para quem o faz. E também sugiro que se acabem, DE VEZ, as entrevistas exclusivas ao Record e a quem tem as mesmas atitudes para connosco.
Não os deixem ganhar!

[EDIT]
Quão mais baixo pode o jornalismo português descer? Um jogador de futebol sentiu-se insultado por esta situação e acusou o director adjunto do Record de racismo e xenofobia!






Comentários

  1. infelizmente, acho que se no jornal record aparecesse num canto a dizer que o sócio do Sporting nº xxxxxxxx é um filho da p*ta, no dia a seguir lá estava o Sportinguista a comprar o record.

    nao aprendem, nunca vao aprender, e já nem paciência tenho para tentar explicar a essa malta o porque de simplesmente nao comprar nem records nem abolas nem nada...bebam café a ver a playboy pá...dassss!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca estive tão de acordo.farto-me de dizer o mesmo,menos a parte do café a ver a playboy.cps.

      Eliminar
  2. para quê comprar jornalixo e dar dinheiro a essa gente com clicks e visualizações quando temos as notícias do nosso SPORTING como devem ser dadas nos blogs? Há anos que não compro jornais e cada vez menos visito os sites como o Rascord.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário