2017-02-01

Não há vitória, não há renovação de Vitória



Eram precisamente 19h06 (curioso) do dia 24 de Janeiro quando Gonçalo Lopes (o tal do Gaitan para o Manchester United) anunciou o acordo de renovação de Rui Vitória com o benfica por mais 3 anos! Contudo dois dias depois o benfica perdia por 3-1 contra o Moreirense e Rui Vitória acabou por ser expulso no final do jogo e acabou por não ir para o banco no jogo seguinte contra o Vitória de Setúbal que também acabou com uma derrota para os de vermelho. Desde então o assunto da renovação de Rui Vitória tem estado em banho maria. Porquê? Porque quando não ocorre protecção de fora, é MUITO mais difícil um treinador medíocre ganhar.

A notícia do DN vinha com o seguinte conteúdo:
"Rui Vitória e o Benfica acertaram um novo vínculo contratual até 2021, ou seja, por mais três anos que o atual contrato em vigor entre o treinador e o clubes das águias, que terminava em 2018.
As partes já há algum tempo que discutiam este prolongamento contratual, mas só esta terça-feira colocaram o preto no branco, sendo que o técnico português irá ver também o seu salário aumentado.
Esta renovação segue-se às dos jogadores Lisandro López, Lindelöf, Pizzi e Ederson, que já rubricaram um novo vínculo com as águias na presente temporada.
A oficialização do prolongamento do contrato deverá acontecer nos próximos dias."




E, nas 24 horas seguintes (ainda antes da derrota), os restantes meios de comunicação juntaram-se à festa da notícia com o jornal A Bola a fazer uma dupla página com o assunto.


Levando mesmo o próprio Gonçalo Lopes a revelar o valor acordado entre o benfica e Rui Vitória - 1.4 milhões de euros - antes do jogo contra o Moreirense numa tentativa de mandar uma bicada a Jorge Jesus que, teoricamente, ganharia mais mas não participaria na final four da Taça da Liga. A bala fez backfire uma vez que Rui Vitória foi violentamente eliminado nas meias finais!




Mas o assunto foi perdendo força nas parangonas à medida que as derrotas se iam somando, culminando com a espera ao autocarro do benfica no Seixal com petardos a serem arremessados contra o autocarro.



O próprio Rui Malheiro veio a público criticar Rui Vitória:
"No entanto, quando a equipa ganha, o resultado muitas vezes faz esquecer que as coisas não estão tão bem quanto parecem. E creio que é uma situação claramente ligada àquilo que tem sido o percurso de Rui Vitória no Benfica. Ou seja, os resultados criaram muito a ideia de um treinador muito acima daquilo que ele, do meu ponto de vista, vale [...] As vitórias vão escondendo esses aspetos, as derrotas ou os empates acabam por mostrar que provavelmente a equipa e o treinador, não é tão forte quanto parecia nas vitórias”



Se Rui Vitória estivesse mesmo para renovar não haveria melhor altura para mostrar confiança no seu treinador do que esta, mostrando que o clube é governado de dentro para fora e não está dependente do um resultado menos positivo. A não ser que não confiem no treinador pois a renovação de Rui Vitória neste momento seria um movimento impopular para uma "estrutura" que Rui Gomes da Silva vai criticando de aburguesamento a espaços e, como tal, será tão protelada (ou até mesmo evitada) enquanto não se achar uma montblanc ou - traduzindo - enquanto não der jeito ao benfica.




2 comentários :

  1. Conheço o Gonçalo Lopes. Benfiquista. Ele e toda a família. E em comum têm outra coisa... Odeiam o Sporting.

    ResponderEliminar