Benfica quer tirar Jesus do Dérbi?



"Leões acreditam que as queixas feitas contra o técnico visam tirá-lo do banco de suplentes.

O Sporting teme que as sucessivas queixas do Benfica contra Jorge Jesus visem o afastamento deste do banco de suplentes no dérbi do dia 23 de abril, apurou o Correio da Manhã.
Em Alvalade, já soou o alerta e a preocupação é grande. O CM sabe que os leões estão preocupados pois acreditam que a estratégia elaborada pelo Benfica tem como objetivo um castigo pesado a Jorge Jesus que o impeça de estar no banco a dirigir a equipa sportinguista no dérbi.

As águias têm estado em guerra aberta com os leões e as queixas no Conselho de Disciplina da FPF, de ambas as partes, têm-se sucedido a um ritmo muito elevado. A última das quais foi feita pelo Benfica contra o presidente leonino Bruno de Carvalho, pelo seu discurso de tomada de posse, e a Jorge Jesus que terá contestado as palavras de Pedro Pinto, diretor de comunicação da UEFA, na sequência das declarações sobre os lances polémicos do dérbi da Luz (em que os leões reclamaram duas grandes penalidades).




Perante este cenário e o equilíbrio na luta pelo título, pois o Benfica soma apenas um ponto de vantagem sobre o FC Porto, os leões entendem que a estratégia dos rivais passa pela possibilidade de o Conselho de Disciplina vir a castigar o técnico e afastá-lo da partida, que poderá ser decisiva para a atribuição do título.
Como Jorge Jesus já foi castigado pelo Conselho de Disciplina com 15 dias de suspensão, após a expulsão no final do jogo da Taça da Liga com o V. Setúbal, passa a ser reincidente e a punição será ainda maior.", Correio da Manhã

Aparentemente continua a valer tudo no futebol nacional. Desde boicotes a galas, coação a árbitros e fiscais de linha, telefonemas e malas.


Comentários

  1. E dá sempre para o peditório de q o jogo contra o carnide é o jogo que vale a época para o Sporting.
    É o dois em um para a jornalixeirada.

    ResponderEliminar
  2. Errado Correio da Manha (sem til): "...e a Jorge Jesus que terá contestado as palavras de Pedro Pinto, diretor de comunicação da UEFA".

    Esta frase revela a propaganda. JJ não contestou Pedro Pinto, pelo contrário, deu-lhe razão e aproveitou para usar a frase do técnico da UEFA para contestar a CA da FPF.

    A frase do Pedro Pinto: a UEFA não deu parecer oficial do jogo SLB SCP, nem se pronuncia sobre arbitragens.

    Foi com base nisto que JJ contestou a CA da FPF, e não Pedro Pinto. A CA da FPF disse que recebeu um comunicado da UEFA mas deu-o a entender às pessoas que era oficial.

    O que JJ quis dizer foi que a CA da FPF tentou branquear a arbitragem do clássico com base num parecer não oficial que vale tanto como uma conversa de café. Quem não percebeu isto é burro.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário