Jorge Sousa volta a impedir o Sporting de vencer



Num jogo normal aceitaria o empate do Sporting. Nós tivemos melhor na primeira parte, o Guimarães na segunda. Mas a verdade é que o Sporting volta a ser vitima de um jogo "anormal". Aos 24 minutos é logo perdoada uma expulsão a Zungu, o que deixaria o Vitória a jogar com 10 mais de uma hora e, ao fechar a primeira parte, o árbitro volta a interromper uma jogada de golo iminente, assinalando uma falta inexistente de Bryan Ruiz.

Tal como no jogo da Luz, o Sporting volta a ser prejudicado de forma clara e sem qualquer consequência para quem prejudica. Uns coagem árbitros, outros cedem à coação mas o único prejudicado em campo é o Sporting Clube de Portugal. Só Jorge Sousa já nos roubou 5 pontos esta época (2 ontem e 3 na luz) e não nos podemos esquecer que contra este mesmo Vitória também tinhamos sido violentamente prejudicados na primeira volta com um penalty inventado sobre Marega e um golo irregular por carga sobre Schelotto. Só nestes 3 jogos estão 7 (SETE) pontos que nos permitiriam ainda estar na luta pelo título. Mas não estamos e não estamos porque os "Jorges Sousas" desta vida não deixam.

Até quando continará esta impunidade? Enquanto não formos capazes de mostrar força com eles como os outros fazem! Infelizmente já deu para perceber que o controlo do futebol não é uma democracia. É uma ditadura e só será rei quem for capaz de matar o rei actual! Foi o que Vieira fez com Pinto da Costa e vai chegando a hora de nós fazermos com ele! Sem isso, não passamos de bons rapazes, diferentes, mas sem hipóteses!








Comentários

  1. >>"Enquanto não formos capazes de mostrar força com eles como os outros fazem! Infelizmente já deu para perceber que o controlo do futebol não é uma democracia. É uma ditadura e só será rei quem for capaz de matar o rei actual! Foi o que Vieira fez com Pinto da Costa e vai chegando a hora de nós fazermos com ele! Sem isso, não passamos de bons rapazes, diferentes, mas sem hipóteses!"

    Não o diria melhor.


    SL

    ResponderEliminar

Enviar um comentário