O momento de humildade de Jorge Jesus que nos querem fazer esquecer



Principalmente desde que chegou ao Sporting, Jorge Jesus tem visto as suas palavras serem esmiuçadas e escrutinadas de todas as maneiras possíveis de forma - na expressão que o próprio cunhou - meter carvão.

Foi assim com a conversa da expulsão em Madrid, da posição de Geraldes e até com o guião de Palhinha. Qualquer frase que Jorge Jesus diga é, à partida, polémica. Se não for pelo seu conteúdo, é pelo que a imprensa tem vontade de fazer dela.

A verdade é que Jorge Jesus, com todas as qualidades e defeitos que tem, admitiu publicamente que tinha errado em protestar com o árbitro auxiliar no momento do golo anulado a Bas Dost.

"O Bas Dost foi a cereja em cima do bolo, mais dois golos. No terceiro golo protestei, pareceu-me legal, quero pedir desculpa ao assistente, que esteve muito bem: o guarda-redes estava à frente da linha da bola"

 Todos erramos mas é preciso ser-se grande em carácter e humildade para admitir o erro. Muito bem, Jorge Jesus!


Comentários