Um Clube tão grande como os seus sócios!




Fui votar ainda da parte da manhã, aproveitando as férias por cá, e à medida que procurava o fim da fila pensava em duas coisas: “nunca mais me despacho” e “foda-se, que clube incrível”.
E ainda não tinha visto nada. Ao fim de 40 minutos já estava despachado mas a fila tinha acabado de duplicar de tamanho e continuou a crescer até ao fim do dia com vários amigos a enviarem-me fotos e a dizer “hoje batemos o record”. Não tenho a certeza que o façamos mas é, de facto, impressionante a adesão dos Sportinguistas às eleições. Eles diziam que andávamos a mentir no número de sócios, os sócios responderam mostrando a cara em Alvalade!

É o sinal inequívoco de que o grande Sporting voltou em força. À medida que as bases lançadas por Bruno de Carvalho vão sendo sedimentadas, a nação leonina parece cada vez mais imune ao carvão lançado pelos nossos rivais. Mesmo com os Andrés Ventura desta vida a serem os principais defensores do Pedro Madeira Rodrigues e o azar do kralj e o publicitário demente a tentarem atacar o Nuno Saraiva, os Sportinguistas não vão em cantigas e dizem presente!
Eles não tinham ainda percebido que o Sporting era mesmo nosso outra vez! Nosso, dos Sportinguistas! Nosso, dos sócios!
Parabéns a todos! O Sporting é o grande vencedor destas eleições!




Comentários

  1. O Sporting é um gigante que está a acordar. Finalmente. Graças ao espírito guerreiro de Bruno de Carvalho e da sua equipa directiva.

    Informações interessantes para os seus leitores:
    - o colosso FC Barcelona tem usualmente participações de socios votantes acima dos 35 000. O record de participação está acima dos 47 000, num universo de socios votantes acima dos 109 mil socios;
    - o colosso ainda maior Real Madrid tem usualmente participações mais baixas. Mesmo assim, o record situou-se em 31 007 socios (na eleição de F. Perez de 2004).

    São números impressionantes, típicos de colossos com budgets anuais acima dos 510 milhões de Euros, e que eclipsam a realidade portuguesa, mas é com eles que, cada vez mais, o Sporting C.P. tem de comparar-se.

    Se superarmos os 18 000 ou, melhor ainda, chegarmos perto dos 20 000 socios, pode dizer-se que o Sporting pode ambicionar mais e melhor, pois adeptos e socios fieis não faltam.

    E tão importante como estes números, a forma como estas nossas eleições se passaram: sem discussões, sem ataques e linguagem baixa - tudo com o máximo civismo.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário