Um jogo que foi a metáfora da época



Não é difícil encontrar jogos que demonstrem a podridão do nosso futebol mas, por norma, os jogos que envolvem belenenses e benfica são o cocktail perfeito de tudo aquilo que está errado no futebol português. Basta dizer que os últimos 8 jogos entre estas duas equipas representam 8 vitórias do benfica, 25 golos marcados e 0 sofridos. O jogo de ontem não foi excepção e cumpriu todos os requisitos para uma vitória do benfica.




Adversário a abrir as pernas

Quim Machado começou bem o jogo. Colocou o seu habitual extremo direito a jogar a defesa esquerdo e Miguel Rosa não desiludiu... o benfica. A assistência de Miguel Rosa para André Almeida é deliciosa. Um amorti de peito para o ex-quem-sabe-actual-companheiro próprio de um verdadeiro artista. Mas repare-se na delicia que é o pormenor de ele levantar a cabeça para ver bem onde está o jogador do benfica e poder endossar-lhe a bola convenientemente para ele poder marcar. Este movimento já é trademark no belenenses - ainda bem fresco na memória dos adeptos está aquele atraso de Pelé para... Jonas que ajudou o benfica a inaugurar o marcador logo aos 5 minutos. É claro que isto foi tudo obra do acaso pois a ida do Pelé, no final da época, para o benfica foi perfeitamente normal e NADA suspeita! Também já esta época, Luis Aurélio fez um favorzinho ao benfica colocando a bola na própria baliza num jogo que parecia complicado. Quem tem amigos não vai preso!



Uma agressão não sancionada

Há uma competição entre Luisão e Samaris sobre quem consegue distribuir mais fruta sem o árbitro ver. É claro que o ver é relativo pois os árbitros que arbitram os jogos do benfica devem sofrer todos de glaucoma. Talvez seja positivo o benfica começar a incluir nos seus vouchers pedaços de papoila saltitante mas para efeitos medicinais. Voltando ao que interessa: pouco depois dos 30 minutos de jogo, Luisão dá uma castanhada em André Sousa que fica estatelado no chão. O árbitro nem ai nem ui. Para quê, não é? Ponto para Luisão. Samari viu a situação e prometeu responder em campo!

Manipulação de imagem e de opinião


Bernardo Ribeiro, jornalista do Record, ao ver esta situação decidiu escrever um tweet a perguntar porque é que a BTV não repetia o lance de Luisão com André Sousa e, de imediato, a matilha protectora do benfica nas redes sociais fez-se ouvir. Neste momento, em Portugal, não se pode levantar uma palavra que seja contra o benfica. Neste momento, Bernardo Ribeiro, já está a ser conotado como mau chefe de família.




2 penalties por marcar contra o benfica

Samaris viu aquilo que Luisão tinha feito momentos antes e não hesitou! Porrada de criar bicho em Fábio Nunes. O árbitro? SIGA! 11 minutos depois é André Almeida que avia Juanto quando ele se preparava para encostar para o golo (que fifia monumental de Ederson...). O penalty e a consequente expulsão ficaram para um qualquer outro jogo do Inatel.




Um golo fora de jogo

Nenhum jogo está completo enquanto não houver um jogo em fora de jogo a favor do benfica. Este jogo esteve quase quase mas Bruno Esteves não quis deixar os seus créditos por mãos alheias e lá deixou passar um fora-de-jogo de Mitroglou que fez a assistência para um golo de Jonas.




A limpeza da imprensa

Quem comprar um jornal hoje de manhã não vai perceber nada do que aconteceu ontem. A comunicação social serve para isto: varrer para baixo do tapete os casos que não interessam ao "glorioso".



Fica assim feito um resumo de mais um jogo da Liga NOS que podia ser simplesmente o resumo da Liga NOS em si. Adversário que não jogam futebol contra o benfica. Jogadores que fazem assistências para os adversários ou até marcam autogolos. Árbitros que perdoam agressões e penalties e fiscais de linha que deixam passar foras de jogo para quem se veste de encarnado. No final da época passada, os adeptos do Sporting andaram a cantar "o campeonato da mentira, o campeonato português". Não podíamos estar mais enganados. Isto não é uma mentira, isto é a realidade! Um futebol putrefacto e bafiento onde quem controla o sistema também controla a comunicação social e faz o que quer a seu bel-prazer. Até quando?


Comentários

  1. Boa crónica do jogo...e da época. Agora mesmo a SIC faz a lavagem dos casos do jogo e apresenta o Polvo Vermelho como sendo a unica equipa que fez alguma coisa. Sob a batuta do descarado lampião Pedro Garcia.

    Só iremos ganhar alguma coisa quando todos estes casos (e as ameaças à segurança do taberneiro Vitoria) forem expostos por jornalistas internacionais à UEFA e à FIFA, da mesma forma que jornais de tiragem internacional expuseram o(s) caso(s) da Doyen.

    O Polvo Vermelho tem gente (sem principios morais alguns) a controlar tudo:
    - Justiça Portuguesa
    - CMVM
    - Banca
    - Com. Social
    - Futebol Português

    Mas alguém hoje em dia duvida disto?

    ResponderEliminar
  2. Chronus por falar em Doyen. O Vil representante do agremiação de Carnide, no imundo canal que está sitiado numa urbanização construída pelo Corleone da Luz, trouxe ontem à noite outra vez à baila a questão dos documentos secretos do Espadinha (tinha cópias em melhor estado que o jornalista). Segundo essa criatura e em total consonância com o jornalista de serviço, a suposta autorização teve como único intento que Bruno de Carvalho mais o vogal "rasgassem" o contrato com a Doyen sem darem "cavaco" ao resto da SAD. Repara que este argumento surge numa altura em há noticias a penalizar clubes que tiveram ligações com aquele fundo. Engraçado era ver que o argumento trazido não era completamente convincente já que tanto o representante do Sporting como o do Porto diziam que era uma situação perfeitamente normal em sociedades. Aí era visível o pouco conforto de quem tenta argumentar com mentiras. As atitudes corporais são bem visíveis. Enfim Secretariado da Propaganda Nacional Benfiquista nos seu melhor.

    ResponderEliminar
  3. É verdade, Leão.

    As manobras são tão óbvias como são descaradas. E são tão descaradas como é vergonhosa a postura do pseudo-jornalista Pedro Garcia (SIC) e a sua gravata vermelha.

    Continuo a insistir na necessidade de o presidente do Sporting se resguardar mas usar os canais próprios (Sporting TV, Jornal Sporting, diversos blogues verdadeiramente Sportinguistas) para repor a verdade.

    Ignorar Record/CM/CMTV/Jornal de Negocios e SIC é vital. Declarar certos pseudo-jornalistas como persona non grata em Alvalade é vital.

    O FCP isolou-se, montou uma estrutura de defesa anti-Polvo Vermelho e em resultado disso começou a ganhar campeonatos (até lá fora).

    Temos de fazer o mesmo. Temos de isolar-nos, mandar farpas pelos canais certos, levar os milhões de Sportinguistas a fugir dos "canais" standard e a colher informação de fontes fidedignas e leais.

    Já se viu que a Nação Sportinguista está com o presidente e a equipa senior (e as modalidades diversas).

    Há que capitalizar sobre isso.

    ResponderEliminar
  4. Engraçado era alguem ter o trabalho de juntar todos os lances caricatos dos ultimos anos a beneficiar o slmerda num só video. É que daqui a um mês ninguem se vai lembrar disto (falar nao esperava que se falasse em lado nenhum sem ser nos blogs como é obvio...)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário