Como os árbitros inclinam os campos



O Sporting foi vencer a Arouca com todo o mérito mas durante o jogo encontrou um adversário inesperado: o árbitro Luís Godinho.

O Sporting fez 20 faltas e o Arouca 30. Na imagem que ilustra este post podemos ver a distribuição destas faltas ao longo do campo e concluímos que as faltas do Sporting foram quase todas no meio-campo do Arouca e as do Arouca foram espalhadas por todo o campo, consequentemente quebrando lances de ataques do Sporting.

Mas Luís Godinho, apesar de apitar bem quase todos os lances (não assinalou um penalty sobre Gelson logo aos 6 minutos de jogo), demonstrou um critério completamente desastroso no que toca à amostragem de cartões amarelos - 4 para o Sporting, 3 para o Arouca, sendo que um dos cartões para o Arouca foi por uma escaramuça onde Daniel Podence também viu amarelo. Por faltas concretas teríamos 2-3 em cartões com prejuízo para o Sporting.

Este é um padrão que tem sido visto nos últimos jogos do Sporting e que demonstra bem como é fácil inclinar um campo recorrendo à injustiça na amostragem de cartões amarelos.




Comentários

  1. Não é bem verdade. O Patrício viu amarelo por ser lento a repor a bola. Em faltas seria 2-2.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário