Ódio levou ao assassinato de Sportinguista




Confirmam-se todas as ideias iniciais. O atropelamento foi um ataque motivado pelo ódio.

Um adepto do benfica achou que tinha o direito de tirar a vida a um adepto do Sporting. Não foi o primeiro mas, ainda assim, foi-lhe permitido que o fizesse.

Este é o ambiente em que o futebol está mergulhado. Cada vez mais me capacito que nós nascemos, em 1906, para jogar futebol e eles, dois anos depois, fundaram-se com base na inveja para nos poderem odiar eternamente. Nós sabemos estar, eles matam-nos.

Não é a primeira vez na história que acontecem assassinatos por "ódios" deste género. Assassinos protegidos pela imprensa, defendidos nas ruas com os básicos "não tinha nada que estar ali". Os miudos que foram ao concerto da Ariana Grande também foram provocar? Os judeus também não tinham nada que estar na Alemana em 1933?


Comentários

  1. Obrigado pelo post, tenho estado a acompanhar este caso e tenho curiosidade em saber o que é que a nossa justiça vai fazer. Tenho curiosidade em saber se o colinho também anda enfiado nos tribunais civis.

    ResponderEliminar
  2. Entregou-se À PJ porque soube que o carro já tinha sido identificado e não de livre vontade como foi afirmado na altura.

    ResponderEliminar
  3. Adeptos leoninos vieram retaliar very-lights lançados por NN boys junto ao estádio alvalade. Quem provocou foram os adeptos do Carnide. Cai por terra o argumento do sabujo "não tinham nada que estar ali".

    ResponderEliminar
  4. http://www.tvi24.iol.pt/videos/sociedade/ministerio-publico-atropelamento-foi-odio-clubistico/592752530cf2004cbd40ddf9

    A história do vídeo não filmou porque foi debaixo do viaduto está-me a cheirar mal. Já alguém anda a tentar apagar o filme? Temos colinho no Ministério Público?

    ResponderEliminar
  5. 1 - Provocação: atirar very-lights no estádio Alvalade
    2 - Cilada: a provocação serviu para fazer uma espera a uma retaliação no estádio da Luz com um grupo de NN
    3 - Premeditação e calculismo: (a ser verdade que a câmara não filmou) praticar o crime num local sabendo que não há câmaras

    ResponderEliminar

Enviar um comentário