Sémen, suor e lágrimas de crocodilo - o caminho para a despromoção



Assistimos ao mais ruidoso silêncio do futebol português. Árbitros, cartilha para jornalistas, prostitutas, emails, padres, nomeações, ordenações...

"Vamos ter os padres que escolhemos e ordenámos, nas missas que celebramos, temos é de rezar e cantar bem", alegado email trocado entre Adão Mendes e Pedro Guerra

Até vimos a capacidade que têm de controlar os observadores e que as notas dos árbitros.
"Paulo, devíamos participar deste artista [n.d.r. Rui Costa] pois brincou com o benfica. Temos de dar-lhe cabo da nota", Luis Filipe Vieira

Nuno Cabral, delegado da liga, respondeu o seguinte a Pedro Guerra
"Inicialmente o observador atribuiu-lhe 3,5. Com a nossa reclamação passou para 2,0"


"Os ficheiros são de mensagens do Fernando Gomes, chamo a atenção das mensagens enviadas ao Tiago Craveiro", Email alegadamente enviado de Carlos Deus Pereira para Pedro Guerra





Portanto, o telemóvel do Presidente da Liga está (ou esteve) sob escuta e os resultados do mesmo foram enviados para funcionários do benfica. Com que intenção?


Reforçar o parágrafo "a segurança é também um bem de todos e os recentes e graves acontecimentos noutros estádios - seguramente com consequências disciplinares verdadeiramente punitivas e preventivas - levam-nos a reforçar este apelo." Assim, metemos pressão no conselho de disciplina para sancionar o porto e o Braga como deve ser. Como ainda vamos ter que ir a Braga, era bom que houvesse coragem para interditar a pedreira.
Mais um alegado caso de tráfico de influências
"200 euros o tempo que quiseres. Se for a três, é 400 euros"
E, para finalizar, algo que parece ser sobre prostitutas.

Resumindo: temos matéria que aponta para espionagem, tráfico de influências, corrupção e abuso de poder. E isto não é só sobre o Sporting ou sobre o Porto. Isto é sobre todos os clubes da liga que são penalizados em nome do, alegado, benefício de um - o benfica.

Depois do maior escândalo de sempre do futebol português, onde o benfica foi acusado de pagar prostitutas a árbitros, Luciano Gonçalves só consegue dizer "Não vou comentar, porque, caso contrário, terei de falar todas as semanas".

No mínimo, da vergonha não se livram. Ser conotado com este tipo de coisas é pior que andar na rua com a cara coberta de esterco. Continuam a encarecer os "pontos".

Não há condições para começar a próxima liga com este clima de suspeição. Pelo que esperam a Liga, a Federação e o CA para agir? Que se investigue já hoje! E, confirmando-se, metam esses corruptos na segunda divisão e deixem o futebol viver.





Comentários

  1. A Liga e a FPF estão à espera que o tempo passe, por forma a que o início da nova época chegue -o mais rápido possível!- sem haver tempo a que se procedam a alterações.
    Dito de outro modo e como se dizia no tempo da Ditadura, é preciso mudar alguma coisa (ou "nomear uma comissão de estudo") para que tudo fique na mesma...

    ResponderEliminar
  2. É curioso que Arouca e Nacional, que foram despromovidos à II liga, e que sao os principais interessados que este caso avance e se cumpra as leis, nao abriram pio...
    Se fosse um Moreirense ou um Tondela estariam na primeira fila para que justiça fosse feita.

    Cada vez mais me convenço que isto nao vai dar em nada.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário