Afinal era mesmo só fumaça!



Arouca e Sporting foram ontem notificados pela FPF das conclusões inscritas na acusação lavrada pela Comissão de Instrutores.

Tivemos acesso ao documento e é bastante claro:
Bruno de Carvalho não cuspiu em Carlos Pinho no túnel de Alvalade

Com base no relatório elaborado pelos delegados da Liga (Albertino Galvão e Rui Manhoso) e nas inquirições a que procedeu, a Comissão de Instrutores conclui que foi Carlos Pinho, presidente do
Arouca, quem despoletou o incidente, através de ofensas veladas a Bruno de Carvalho, a quem apelidou de "burro do caralho", "aldrabão", "trafulha" e "vigarista".

Conclui assim o relatório:

"[Bruno de Carvalho] expeliu, pontualmente, uma pequenaparte do fumo inspirado [...] o presidente do Sporting expele fumo em direção à cara do presidente do Arouca através de um cigarro eletrónico num momento em que se encontravam em contacto um com o outro e, consequentemente, com a cara já muito próxima uma da outra."

E pronto, será mais um dia de azia para os lados de Arouca e, quem sabe, de carnide...
Espero agora que Bruno de Carvalho peça uma bela indemnização a quem o tentou difamar pois a imagem do Presidente do Sporting Clube de Portugal não pode sofrer este tipo de atentados.


Comentários

  1. Daqui ningem arreda pé. ....é só fumaça. Onde é que eu já ouvi isto!?

    ResponderEliminar

Enviar um comentário