Sporting 1 - 1 Belenenses com Petrovic a impressionar e Ruiz a marcar



O Sporting realizou ontem o seu primeiro jogo público de pré-época. Foi um duelo interessante contra o Belenenses que terminou empatado a uma bola.

O Sporting começou no seu clássico 4x4x2 mas Jorge Jesus foi alterando o modelo táctico para experimentar uma espécie de 3x4x3. É claro que a fluídez de jogo se foi perdendo à medida que os minutos se iam acumulando, fruto de estarmos ainda numa fase muito embrionária da pré-época, mas deu para ver boas movimentações e combinações entre os jogadores.

Em destaque


Petrovic - Não é o mesmo jogaor da época passada. Conseguiu, por várias vezes, transportar a bola em progressão recorrendo à técnica e ao uso do seu porte físico. Numa dessas jogadas ainda fez uma assistência primorosa para Gelson Dala que rematou à figura de Muriel. Noutra... Fez a assistência para Leonardo Ruiz empatar o jogo.

Leonardo Ruiz - Primeiro toque para a recepção, segundo toque para o golo. O que se pode esperar mais do primeiro jogo pela equipa principal?

Os reforços


Piccini - Bem fisicamente. Sabe cruzar e gerir os tempos do jogo. Pode ser prematuro mas parece-me um claro upgrande e relação a Schelotto.

Battaglia - Ainda à procura da melhor forma e de como se integrar num meio-campo a dois. Pormenores interessantes e demonstrou boa visão de jogo.

Mattheus Oliveira - O reforço que mais me surpreendeu pela positiva. Não esteve tacticamente feliz mas jogou sempre de cabeça levantada. Mostrou-se inteligente na altura de definir e sabe bater bolas paradas. Talvez não tenha vindo para ser titular mas mostrou que não está no Sporting por acaso.

Bruno Fernandes - Um exemplo de jogador que não sabe jogar mal. Daqui a duas semanas será um caso sério no meio-campo Sportinguista. Ontem já mostrou toda a sua visão de jogo aos 88 minutos com um soberbo passe longo.


Concluindo, um bom jogo de pré-época onde não participaram os reforços mais sonantes e muitos dos titulares da época passada. Ainda assim bons apontamentos dos reforços e, acima de tudo, de Jorge Jesus que parece apostado em ter esquemas tácticos alternativos para as diferentes fases do campeonato.





Comentários