Bisneto de antigo presidente do Sporting Clube de Portugal garante que os familiares festejaram a conquista dos campeonatos de Portugal como campeões nacionais



Não há nada mais revoltante que tentar apagar a História. Não só porque se desvaloriza o trabalho de homens e mulheres que lutaram por grandiosos objectivos como também pela alavancagem que se consegue tirar do silêncio dos falecidos.

Felizmente, a História do Sporting Clube de Portugal está bem documentada e passa de geração em geração. Ora Joaquim de Oliveira Duarte, o Presidente que em dez anos conquistou oito Campeonatos de Lisboa e três Campeonatos de Portugal, deixou em legado à sua família o seu Sportinguismo e um pedaço da sua História.

"Há almas que devem andar às voltas no caixão com certas coisas que se dizem/fazem no universo Sportinguista. Uma delas será, certamente, o meu bisavô. Se lhe dissessem que, durante os anos que presidiu o clube, os três campeonatos que ganhou afinal não valiam como tal, seria uma coisa bonita. Desde sempre ouvi o meu avô, filho dele, a falar das conquistas dessa época e o Campeonato de Portugal era justamente isso, um campeonato e não o equivalente a uma Taça de Portugal. É confrangedor ver a diferença entre nós e os outros tipos da segunda circular no que toca a estes e outros temas. Enquanto eles se unem, cerram fileiras e fazem esforços por ganhar e vincar uma história, nós somos os primeiros a boicotar-nos internamente, sem qualquer sentido. Este tema é apenas um pequeno exemplo disso mesmo. Enquanto não estivermos todos a remar para o mesmo lado e crentes numa ideia comum, os outros vão estar sempre um passo à nossa frente.", Pedro Oliveira Duarte, neto de Joaquim de Oliveira Duarte.
A título de curiosidade, foi também Joaquim de Oliveira Duarte o grande responsável pelo nascimento do Estádio José de Alvalade. Foi na sua direcção que se adquiriu o terreno "Faixa do Talone" e que se desenhou a primeira maqueta.

Ao não lutarmos pelo reconhecimento dos vinte e dois títulos, estamos a desprezar a nossa História e a faltar ao respeito a todos aqueles que, incansavelmente, lutaram dia após dia para fazer do Sporting um Clube tão grande como os maiores da Europa.

Não deixem que se apague a História do Sporting Clube de Portugal!


Comentários