O benfiquista que matou Marco Ficini foi acusado de homicídio qualificado



Um adepto benfiquista acaba de ser acusado de homicídio qualificado e vai ser levado a julgamento, na sequência de confrontos ocorridos no dia 24 de abril, que conduziram à morte do adepto italiano do Sporting, Marco Ficini, segundo a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.

Além do arguido em causa, vão ser levados a julgamento mais 21 indivíduos, também envolvidos nos confrontos, que se verificaram na madrugada do jogo entre o benfica e o Sporting, no Estádio da Luz. Além do crime de homicídio qualificado, estão também em causa os crimes de tentativa de homicídio, omissão de auxílio, participação em rixa e dano com violência.

O principal arguido, Luis Pina, está em prisão preventiva.


Comentários