Assassino de Rui Mendes volta a ser detido na Luz



O verdadeiro problema das claques ilegais passa por aqui. Não havendo registo de membros, entra quem quer. Ontem, Hugo Inácio voltou a ser detido no estádio da luz. Relembramos que Hugo Inácio foi condenado no ano passado a três anos de prisão e sete de interdição de frequentar recintos desportivos, por ter deflagrado uma tocha no Estádio da Luz e por ter sido detido na posse de outro engenho pirotécnico semelhante.

Sete anos de interdição de frequentar recintos desportivos e é apanhado, meses depois, no estádio da luz? Quantas vezes já lá teria ido mais este ano? E que tipo de segurança tem o estádio da luz que permite a entrada a um assassino que está legalmente impedido de o fazer? Não há revistas? Não há briefings? Este tipo de falha de segurança não será já, por si só, motivo para interditar o estádio?

O IPDJ continua a brincar ao futebol e não podemos dizer que é até acontecer algo grave porque já vamos em duas mortes. Muita gente esquece-se, mas é também esta uma das batalhas que temos que travar. A batalha contra a impunidade!

Talvez o IPDJ também considere a morte de Sportinguistas um troféu...





Comentários


  1. Aquela coisa de clube é um Carnaval...

    Mas isso de registar as claques compreende-se, pois significa registar na polícia todos os agentes comerciais da Porta #18 (tm)(agora em modo totalmente móvel) ... e toda a gente sabe que o 'segredo' é a alma do negócio!..

    ResponderEliminar

Enviar um comentário