BTV chama mercenários a jogadores do Sporting



É manifestamente conhecida a incapacidade que os benfiquistas têm em lidar com a realidade e, na sequência da épica remontada que o Sporting conquistou contra o Benfica, um comentador da BTV de seu nome Ricardo Santos (editor da revista Volta ao Mundo) veio a terreiro atentar contra os jogadores do Sporting Clube de Portugal, chamando-lhes de "mercenários".


Na minha opinião, e de certeza que na generalidade da população, um jogador que escolhe jogar na maior potência desportiva nacional, e é pago para isso, não é um mercenário. Mercenários são aqueles que aceitam dinheiro para perderem jogos de futebol... Será que há alguém na BTV com disponibilidade para comentar isso?


Comentários

  1. o cérebro de ervilha a precisar de uma aspirina
    por muito pouco não eram 2 aspirinas neste fds

    ResponderEliminar
  2. Cá está um melão com bandolete a sofrer. Coitado...

    ResponderEliminar
  3. Este gajo tem cara de menina. Deve ser rabolho.

    ResponderEliminar
  4. E este artolas, perdão, artista, ainda não viu jogar os 2 novos jogadores, mercenários que vieram "trabalhar, ou servir, por dinheiro".

    ("mercenário", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013)

    Azar dos galináceos que, mesmo com asas, mal conseguem levantar voo e sorte a desses galináceos, com profissionais que trabalham por uma mine e uma sande de couratos - e é assim em todas as modalidades, do futebol (em todos os escalões) até ao... Atletismo.
    Ali é tudo e só amor à camisola...

    Gostava que o Ricardo Santos me esclarecesse do seguinte: porque contrata a direcção do assolbê mercenários por 22 M€? Só pelo prazer de os ver sentados?

    ResponderEliminar
  5. Adorei o pormaior da bandolete no cabelinho do paneleirote...

    ResponderEliminar
  6. Vamos levar a sério um rabolho que usa bandolete ? A papoila....

    ResponderEliminar
  7. isto é o rabolhismo em estado puro... esta ressaca permanente a derrota.

    Este é o estado normal deles. Anormal era o tempo dos emails, das putas, dos convites e dos vouchers.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário