A prova que o e-mail de Carlos Janela é verdadeiro. O que devem fazer agora os jornalistas?



Fui contactado por um jornalista na sequência do alegado e-mail enviado por Carlos Janela para Luís Filipe Vieira com o intuito de criar um blog com a colaboração de jornalistas. Confesso que fiquei surpreendido com o seu nome na lista pois é um jornalista com quem tenho o gosto de ir discutindo ocasionalmente futebol e não coisas acessórias. Como no seu contacto, o jornalista negou a relação com Carlos Janela e, também pela boa relação com o mesmo, acreditei na sua palavra e decidi analisar mais a fundo esta questão.

Comecemos pela pergunta que realmente interessa. O e-mail é verdadeiro ou falso?


Ora, os e-mails não são coisas que se materializam do nada nem obras de um qualquer Nhaga de serviço. O e-mail é algo que é traceável, ao contrário de um "pagamento em cash". Como tal, é fácil provar a sua existência. Podem ver na seguinte imagem que representa o cabeçalho do e-mail.


Parece confuso, mas vamos por partes:

Received: from pkamsmta05.ptempresas.pt (62.28.46.79) by hubs.smartcloudpt.pt (10.162.111.171) with Microsoft SMTP Server id 14.3.224.2; Tue, 21 Mar 2017 13:54:48 +0000
Portanto, há uma indicação de que este e-mail foi recebido num servidor da Portugal Telecom , no dia indicado e enviado por um servidor SMTP da Microsoft. Se há dúvidas da veracidade deste e-mail, há pelo menos duas entidades que o podem comprovar: Portugal Telecom e Microsoft.

Authentication-Results: pkamsmta05.ptempresas.pt; dkim=pass reason="2048-bit key; unprotected key" header.d=msn.com header.i=@msn.com header.b=hfDAxOnC; dkim-adsp=pass; dkim-atps=neutral
Authentication-Results: pkamsmta05.ptempresas.pt; spf=pass smtp.mailfrom=<carlosjanela@msn.com> smtp.helo=BAY004-OMC4S20.hotmail.com
Prova que existe autenticação no envio do e-mail com o servidor de envio, logo alguém se autenticou com o utilizador e password de Carlos Janela antes de enviar o e-mail.

From: carlos janela <carlosjanela@msn.com>
To: Luis Filipe Vieira <lfvieira@slbenfica.pt>
Subject: =?iso-8859-1?Q?Or=E7amento_?=
Thread-Topic: =?iso-8859-1?Q?Or=E7amento_?=
Thread-Index: AQHSokoUMM15FhfuQ0yd9swXKmyV0w==
Date: Tue, 21 Mar 2017 13:54:36 +0000
Message-ID: <VI1PR0901MB136065C0524F373891E20420C83D0@VI1PR0901MB1360.eurprd09.prod.outlook.com>
Mais uma vez, um identificador da mensagem com identificador de thread e de mensagem no servidor de envio. Mais uma vez, a Microsoft pode comprovar que este email existiu.

Voltando à questão dos jornalistas

Sabendo então que há como provar a veracidade do e-mail, sobram duas perguntas:
  1. Carlos Janela chegou a entrar em contacto com os jornalistas em questão?
  2. Caso tenha entrado em contacto, os jornalistas aceitaram?
A resposta para estas perguntas não pode ser encontrada noutro lado que não na consciência de cada um dos elementos envolvidos. Mas há algo que todos os jornalistas envolvidos podem fazer:
Exigir a Carlos Janela uma explicação para o envolvimento do seu bom nome num assunto como estes.

É que sendo o e-mail verdadeiro, a alternativa a demarcarem-se de Carlos Janela, é entregarem a sua carteira profissional visto estarem em conflito com o dever de isenção que reveste o Regulamento da Carteira Profissional de Jornalista.

Ficamos a aguardar, jornalistas. A bola está do vosso lado, é que não foram os blogs que meteram o vosso nome na lama. Foi quem o usou para se promover perante outrém!




Comentários

  1. E o que vai fazer o jornalista com quem discutiu ?

    ResponderEliminar
  2. Eu creio que alguns jornalistas estao envolvidos sim o janela sabia e sabe que pode contar com esses jornalistas para o trabalho sujo que alguns jornalistas andam a fazer ha muito tempo na imprensa , o janela nao incluiria o nome deles se nao soubesse com quem contava , e basta para isso ver o trabalho passado desses jornalistas para comprovar o seu aliciamento pelo vigarista

    ResponderEliminar
  3. E´muito desagradável constar o nome de um Jornalista e este nem saber se vai colaborar ou receber o dinheiro.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário