Quando controlas melhor a arbitragem que a própria boca



Um espasmo é a contração muscular involuntária, súbdita e anormal. Da mesma maneira que os músculos a podem sofrer, também o cérebro está exposto a esta contração involuntária e tem mais tendência para a acontecer quando estamos mais preocupados a controlar outras coisas que não a boca.

O jogador do Braga chamado à flash interview depois do deboche de Sábado experimentou um espasmo cerebral e soltou um "ajudar melhor o benfica". É claro que todos vão dizer que este até é o Paulinho, o jogador que marcou o golo do Braga mas reparem: mal marcou, saiu. Foi o castigo!

Mas não é a primeira vez que alguém, depois de um episódio capaz de causar vergonha alheia a quem troca sexo por dinheiro, tem espasmos deste tipo. Ainda está bem fresco na nossa mente o dia em que Rui Vitória admitiu que os pontos "estavam cada vez mais caros".

Ou, anda mais recentemente, Luís Filipe Vieira a admitir que não tinham conseguido "comprar o seu objectivo" no último derby.
Este é o problema de quando perdes mais tempo a tentar controlar as instâncias do futebol português do que a tua própria boca. Acabas por dar com a língua nos dentes e confessar aquilo que pensavas já ter enterrado naquele espacinho recôndito do teu cérebro...

Tic Tac...





Comentários