A diferença entre um Presidente e um Cobarde



Num momento complicado para Bruno de Carvalho, são convocadas duas sessões de esclarecimento com Sócios que têm manifestado dúvidas sobre os temas em votação na Assembleia Geral e com Jornalistas e Comentadores de vários órgãos de comunicação social que, por norma, costumam ter uma conduta anti-Sporting ou anti-BdC.

Ou seja: Bruno de Carvalho expõe-se publicamente ao escrutínio de todos aqueles que, de uma maneira ou de outra, contestam o seu trabalho enquanto Presidente do Sporting Clube de Portugal.

O carácter das pessoas costuma revelar-se nos momentos mais difíceis como este.

Entretanto, já alguém sabe quando é que a agenda de Vieira tem a tal abertura para a entrevista cancelada à RTP em Junho de 2017? Aquela que devia ter acontecido quando rebentou o escândalo dos e-mails...

Alguém, alguma vez, imaginaria Luís Filipe Vieira a promover uma sessão de esclarecimento sobre a Operação Lex? Sobre os Vouchers? Sobre o Adão Mendes? Sobre Delegados da Liga?

É muito bonito e dá likes criticar Bruno de Carvalho mas só o conseguem fazer porque o Bruno dá a cara! Doa a quem doer! É esta a principal diferença entre um Presidente que serve o Clube e um presidente que se serve de um clube.

Para mim continua a ser muito fácil escolher onde reside a minha lealdade.




Comentários