Comunicação Social tenta encobrir Vieira mas Procuradora confirma que é arguido em mais um processo



Foram vários os órgãos de comunicação social portugueses que ontem noticiaram a "visita" de Luís Filipe Vieira ao DIAP. Mas praticamente todos recorreram à falsidade de dizer "foi ouvido como testemunha", justificando essa informação com uma "fonte oficial do benfica".

Horas depois, a Procuradora-Geral da República veio a terreiro dizer que Luís Filipe Vieira "foi ouvido como arguido, no DIAP de Lisboa, no âmbito de um inquérito em que se investiga a eventual prática de um crime de difamação".

Todos percebemos que uma mão lava a outra e que ambas lavam a cara mas já não há cara que aguente tamanha vergonha. A comunicação social portuguesa, todos os dias, bate um novo mínimo de credibilidade.





Comentários