Afinal há corrupção...



Paulo Gonçalves, director do departamento jurídico do benfica, foi detido pela Polícia Judiciária sob suspeita de, em nome da SAD do clube, ter subornado três funcionários judiciais para lhe fornecerem peças processuais do chamado 'caso dos mails' - em que o Benfica e os seus dirigentes são investigados, no DIAP de Lisboa, por corrupção desportiva, num alegado esquema com árbitros e observadores dos mesmos.

Não é preciso dizer mais nada para meter o país a pensar: Quem é capaz de corromper três funcionários judiciais, é capaz de mais o quê? Tirem as vossas conclusões à medida que o relógio avança tiquetaqueando até à descida de divisão de quem alegadamente é protagonista do maior escândalo de corrupção em Portugal. Cada vez é mais óbvio o que aconteceu em 2015/16...

Entretanto no Record continua-se a negar tudo o que for possível. Aliás, o índice de negacionismo é tão grande que catalogam a notícia de Paulo Gonçalves na secção "Fora de Campo". Pois é amigos do Record, o que o Paulo Gonçalves fez pode ter sido "Fora de Campo" mas a sua obra ecoou, e muito, dentro das quatro linhas em vários estádios deste país.

#TicTac


Comentários