O que merece Luis Godinho?



A derrota do Porto ontem em Belém podia ser representado para nós a reentrada na luta pelo título. Infelizmente as nossas aspirações esfumaçaram-se num nome e numa decisão: Luis Godinho escolheu não assinalar uma evidente grande penalidade sobre Bas Dost.

Podem dizer que jogámos mal e que não merecíamos ganhar mas o futebol não é sobre jogar bem, é sobre meter a bola na baliza adversária cumprindo as regras. O Sporting jogou o jogo cumprindo as regras. Ao escolher não assinalar essa grande penalidade, Luis Godinho (o árbitro que anulou um golo limpo a Alan Ruiz no empate a um golo em Moreira de Cónegos) escolheu que o Sporting não tivesse oportunidade de meter a bola na baliza.

Hoje, Luis Godinho (árbitro com quem o benfica e braga têm 100% de vitórias na liga) continua o seu dia-a-dia no seu emprego. Na próxima jornada continuará a espalhar a sua magia com o apito na boca e a receber por isso. A sua vida não sofreu alteração nenhuma por Luis Godinho ter escolhido ser incompetente. Já o Sporting vai ficar mais um ano sem ver o padeiro por culpa de outrém.

No fim pergunto-me: merecem o Sporting e os Sportinguistas serem tratados assim? E merece Luis Godinho passar impune? A nossa inação faz toda a diferença entre sermos um clube de campeões ou um clube de bananas. A escolha parece já ter sido feita há muitos anos.




Comentários