Presidente da Federação Saudita arrasa jogadores e nenhum rescindiu...



O presidente da Federação saudita disse esta sexta-feira que vão ser pedidas contas aos jogadores da seleção que no jogo de abertura do Mundial perderam por 0-5 frente à Rússia.


"Este resultado é decepcionante e insatisfatório. Alguns jogadores terão de prestar contas. Esta catástrofe não se deveu a condição física, mas sim a erros técnicos", disse Adel Ezzat, presidente da Federação ao canal Al-Arabia.


Adel Ezzat especificou mesmo três jogadores: o guarda-redes Abdullah Al Mayouf, o defesa Omar Hosawi e o avançadp Mohammed Al Sahlawi.


O responsável máximo pelo desporto saudita, Turki al-Cheikh, disse mesmo que foram dadas aos jogadores todas as condições para jogar bom futebol, a começar na equipa técnica. "Fizemos tudo por eles, incluindo os melhores treinadores. Não me venham dizer que Jun Antonio Pizzi não é um treinador de renome. Os jogadores é que não fizeram 5% do que lhes era pedido", disse.

O que não se diria por cá... Mas só se fosse o Sporting, claro!


Comentários

Enviar um comentário