Suspensão ou Medo da Democracia?



Passaram-se cinco dias desde a Assembleia Geral que destituiu a anterior direção. Nessa mesma Assembleia Geral, forma anunciadas eleições para todos os órgãos sociais do Clube a oito de Setembro de 2018.

Frederico Varandas foi o primeiro a avançar mas também já João Benedito disse estar na corrida. Na altura, Frederico Varandas disse claramente "É mandatório que Bruno de Carvalho se recandidate".

Contudo, Bruno de Carvalho ainda se mantém suspenso e sem previsão de quando vai ver o seu processo resolvido. Este silêncio estranho à volta da suspensão faz-me temer que exista mais um medo do processo democrático do Sporting por parte da atual Comissão de Gestão e dos candidatos do que um motivo válido para suspender Bruno de Carvalho.

Gostava, honestamente, de ouvir a opinião atual de Frederico Varandas e de João Benedito sobre este bloqueio a Bruno de Carvalho. Se não o fizerem, ficará claro para todos que, pelo menos, este dois candidatos preferem esta supressão democrática que uma luta justa nas urnas.




Comentários

  1. As pessoas querem respostas, a partir daí logo se vê

    ResponderEliminar
  2. Neste momento não existe sustentação para que não se anule o processo disciplinar.
    No passado dia 23 o CD foi destituido, logo o processo cai por terra, uma vez que tem por base o pressuposto que o orgão continuasse em funções.
    Se não terminarem o processo só posso assumir que a caça às bruxas afinal existe
    SL

    ResponderEliminar

Enviar um comentário